Bilan no África Move

Vamos ouvir Bilan. Nascido numa família de reconhecidos músicos cabo-verdeanos, é o contacto com a cidade e uma certa saudade das ilhas da Morabeza que dão o tom à sua estética musical.

Segundo Bilan, a sua música "reforça uma
miscigenação de estilos e influências, mostrando,
dentro da música urbana, um outro lado de viagem e
de diáspora banhadas pela língua crioula e pelos
os contornos da ’sabura’ “.

Mural Sonoro

Mural Sonoro

Música em contexto urbano diversa - Portugal, África Portuguesa, Países de expressão portuguesa.

Um projecto de Soraia Simões, que nasceu em 1976 na cidade de Coimbra.

É uma apaixonada pela música e pelas expressões culturais de vários ‘povos’ do mundo. Incide o seu estudo e trabalhos na cultura popular e nas práticas musicais de países de expressão portuguesa, especialmente, a partir do Sec XX.

Embora o seu trabalho, no terreno, se debruçe nos agentes culturais e musicais vindos de outros pontos do mundo, migrados em Portugal, tem o objectivo de conhecer toda a África portuguesa, e as suas paisagens sonoras a fundo, e tem um gosto especial por Cabo Verde onde tem família.

Pós graduada em Estudos de Música Popular pelo Departamento de Ciências Musicais, na Universidade Nova de Lisboa no ano de 2012, trabalhou em vários órgãos e edições (locais e sites específicos) com trabalhos de autora na área musical diversos.

Ainda na cidade de Coimbra, esteve dois anos em Antropologia, em Ciências de Informação entre os anos de 1999 e 2002 e passou pelo Curso Superior de Medicina Chinesa de Pedro Choy.

Envolveu-se ao longo dos últimos três anos em workshops (onde foi assistente) diversos: 'Musicoterapia', 'Música e Som, 'Música com o Corpo' .
Deu aulas na ESTAL (Escola Superior de Tecnologias e Artes de Lisboa) no segundo semestre - de 2008 a 2010 - e no Instituto Galeno (no mesmo período). Ao longo do seu percurso foi convidada pontualmente para fazer opinião de discos nacionais e contextualização teórica.

É autora de um programa de cariz documental para televisão sobre música popular em contexto diaspórico e migratório, e de um espaço na internet com a mesma génese, de nome Mural Sonoro. 'Passado-Presente, Uma Viagem ao Universo de Paulo de Carvalho' reflecte algumas das suas preocupações e problemáticas no contexto da prática musical popular de matriz urbana. A multiculturalidade - um dos aspectos mais abordados no seu trabalho - diz "patenteia-se em toda a actividade profissional do músico Paulo de Carvalho". Este seu trabalho parte de um ciclo de conversas durante quase um ano com o músico e sairá em Setembro/Outubro com o selo da Chiado Editora.

 

http://muralsonoro.tumblr.com/

Bilan

Bilan

Bilan nasceu em Cabo Verde, na Ilha de São Vicente, e cresceu com música e músicos na família. Chega a Portugal em 1999 para estudar, mas já com a música na sua bagagem e após uma experiência em Lisboa com a banda Refilon, acaba por se fixar no Porto, onde, entre vários projectos, grava finalmente um EP a solo, que divulga com concertos por todo o país.

Apesar de longe da sua terra natal, Bilan continua bem ligado às raízes cabo-verdianas, tanto nas composições como nos ambientes.

Já em 2011 actua com o músico maliano Madou Sidiki Yabaté, no espectáculo “Sure le Níger” na Casa da Música, e inicia a gravação do seu álbum de estreia, "Ilha", que conta - entre outros - com a participação de Manuel Cruz, dos Ornatos Violeta.

http://www.myspace.com/bilansong

11 de Julho
22h00
Largo de São Vicente
Évora